advisor

Sensibilidade dentária - acabe já com ela

por Wildsmile

Se você toma um sorvete, toma um café ou toma uma sopa reconfortante, eles se tornam uma tortura em vez de proporcionar um momento agradável para o qual esses alimentos foram criados, você sofre de sensibilidade dentária.

Esse problema é caracterizado por produzir uma dor aguda, intensa e temporária, quando comemos ou bebemos alimentos muito frios, muito quentes, doces ou ácidos.

O que causa essa dor? O contato da dentina, que é a parte abaixo do esmalte do dente, com os alimentos.

Vejamos as duas causas possíveis de sensibilidade dentária que você pode tratar clicando aqui.

1 - Causas e sintomas de sensibilidade dentária

A sensibilidade dentária pode aparecer pelos seguintes motivos:

·         Retração gengival

·         Desgaste do esmalte

Retração gengival: quando as gengivas se separam dos dentes, elas expõem uma parte dos nervos que fazem parte da raiz dos dentes.

As causas que causam a retração gengival são:

·         Escovação agressiva

·         Doença periodontal

·         Gengivite

·         Tabaquismo

·         Má higiene dental (quando não usamos fio dental, o tártaro pode se acumular e fazer com que a gengiva se separe do dente).

Desgaste do esmalte: Com o passar dos anos ou pelas más práticas que praticamos, o esmalte pode sofrer e, em certa medida, desintegrar-se. Isso o torna poroso e permeável. Portanto, quando consumimos certos alimentos e bebidas, eles entram em contato com a dentina e ocorre dor. As causas que levam ao desgaste do esmalte são:

·         Alimentos ácidos ou muito doces

·         Escovação agressiva

·         Bruxismo

·         Refluxo gástrico

Os sintomas da sensibilidade dentária são os seguintes:

·         Dor intensa e localizada

·         Aparece antes de um estímulo externo

·         Desaparece quando o fator causal perde contato com o dente

Portanto, para falar em sensibilidade dentária, não podemos levar em consideração as dores espontâneas que aparecem sem estímulos externos.

2 - Consequências da sensibilidade dentária

Quando sofremos de sensibilidade dentária, podemos esperar encontrar as seguintes conseqüências:

·         Má higiene dental

·         Cárie

·         Doença gengival

·         Privar-nos de comer certos alimentos

Ao sentir dor antes do contato da escova de dentes, algo que ocorre principalmente em casos de retração gengival, torna-se muito difícil realizar uma higiene profunda e eficaz. Essa falta de higiene pode levar a doenças bucais, como cáries ou doenças gengivais.

Finalmente, seremos privados de permitir-nos aquelas pequenas indulgências de que tanto gostamos, como um sorvete em um dia quente de verão, uma bebida com muito gelo na beira da piscina ou uma deliciosa tigela de sopa nos dias em que A neve mancha nossas paisagens de branco.

3 - Tratamento para dentes sensíveis

Não é necessário que você carregue esta doença nos ombros ou, antes, entre os dentes. Felizmente, existem vários tratamentos que tiram essa doença de você e devolvem a qualidade de vida que você costumava ter antes de começar a experimentar essa sensibilidade irritante:

·         Flúor: no escritório ou em casa, as aplicações de flúor visam fortalecer o esmalte, que bloqueia os canais entre a dentina e o ambiente bucal.

·         Restauração adesiva: é a aplicação de resina na parte exposta das raízes dentárias. Este material atua como uma barreira entre os nervos das raízes e o ambiente bucal.

·         Enxerto de gengiva: consiste em retirar o tecido da gengiva de uma parte da boca em que ele é abundante, para enxertá-lo nas áreas onde há retração.

·         Endodontia: quando a sensibilidade persiste, apesar de ter recorrido a outros tratamentos, pode ser necessário remover o nervo do dente, pois, além da causa da dor, ela sempre ocorre através do nervo dental.

Tem alguma questão sobre este artigo?

Nós entramos em contacto!

* Campos obrigatórios

Branqueamento Dentário: Mitos

O branqueamento dos dentes é um processo que está no topo de sua existência. Ter dentes brancos tornou-se uma das prioridades estéticas de muitos de nós. Isso levou ao surgimento de mitos sobre o assunto.

Como realizar a Higiene Oral do seu bebé

A higiene oral é um dos hábitos que permanecerão com seu bebé ao longo da vida. Assim como tomar banho diariamente e escovar os cabelos, limpar os dentes tem a mesma, ou até maior, importância.

Saúde Oral: cuidados diários

Para manter a saúde oral adequada, é necessário realizar uma série de práticas diárias e metódicas. Vamos ver o que é esta condição e como ela é feita de maneira eficaz.